Serviços/

Educação Ambiental

A implementação de um Programa de Educação Ambiental (PEA) contempla a realização de um diagnóstico participativo, considerado como parte integrante do processo educativo, cuja finalidade é propor projetos que considerem as especificidades locais e os impactos gerados pela atividade em licenciamento, sobre os diferentes grupos sociais, incluindo ainda a comunidade escolar.

Através de metodologia participativa os participantes atuarão de forma efetiva no processo educativo, sem serem considerados meros receptores de conhecimento e de informações. Neste enfoque se valoriza os conhecimentos e experiências dos participantes, envolvendo-os na discussão, identificação e busca de soluções para problemas que emergem de suas vidas cotidianas.

As informações a serem obtidas através dos diagnósticos contribuirão para a implantação de um processo educativo focado na “conscientização”, tendo em vista intervenções mais eficientes, uma vez que subsidiarão uma análise da realidade, trazendo a percepção das temáticas a serem abordadas. 

Dessa forma, a execução das principais atividades do PEA (oficinas, capacitação, palestras) demanda da identificação do público-alvo a ser envolvido no processo, o reconhecimento da realidade local (social, econômica e ambiental) na qual estes diferentes grupos sociais estão inseridos. A partir destas ações, torna-se possível a construção da proposta de trabalho, de forma que atenda as expectativas e demandas desse público.

A implantação do PEA parte da premissa de que uma prática educativa ambiental participativa e crítica pode contribuir de forma significativa para a emancipação do sujeito e para a transformação social.